Melhore o desempenho nas seleções de emprego.

11-11-2010 23:22

Não é possível determinar com exatidão o que uma empresa procura em um funcionário. Não existe fórmula matemática para isso. Empresas diferentes têm critérios diferentes. O básico é a consistência do currículo. É preciso conhecer as funções da vaga disputada para apresentar os pontos mais relevantes de sua formação e experiência.

Mesmo com uma elaboração do currículo, as empresas não têm se limitado à análise de currículos. Elas, agora, procuram conhecer mais aspectos psicológicos de seus candidatos.

Competências emocionais têm contado muito. Trata-se de atributos como capacidade para solucionar problemas, para desenvolver trabalhos em equipe, para diferenciam um candidato dos demais, e isso vai muito além da mera análise de um currículo bem elaborado.

Vê-se o quanto as características psicológicas são levadas a sério pelas companhias no fato de que muitas vezes elas procuram consultoria em recursos humanos e profissionais chamados headhunters (do inglês, algo como caça talentos). Também é preciso ter a habilidade de “vender seu próprio peixe” e se mostrar um talento.

Aqui algumas regras a serem seguidas para quem procura destacar-se em um processo de seleção:

  • Elaborar um currículo eficiente.

  • Fazer uma auto-avaliação.

  • Criar suas próprias oportunidades.

  • Cuidar da sua aparência e se preparar para as entrevistas.

  • Encarar os encontros seletivos com ética e profissionalismo.

  • Adiar ao máximo as discussões sobre salário.

  • Mostrar interesse alguns dias depois, procurando não ser inconveniente.